O Meu Carrinho 0
0,00 €
  • QUESTÕES? CONTACTE-NOS VIA 214 205 100
  • ENVIOS EM 48 HORAS
  • PAGAMENTO SEGURO
  • OFERTA DE 3 AMOSTRAS
  • reassurance-telSATISFAÇÃO OU REEMBOLSO POR 30 DIAS

Radicais Livres

23 Julho, 2020

Radicais Livres

Como combater os radicais livres e prevenir o aparecimento de rugas?

Os radicais livres são responsáveis ​​pelo aparecimento acelerado de muitos tipos de danos na pele, resultando no aparecimento de rugas e outros sinais de envelhecimento. Mas como é que são formados? Como agem? Como lutar contra este fenómeno de modo a proteger nossa pele? Explicamos tudo neste artigo.

DEFINIÇÃO DE RADICAIS LIVRES

Os radicais livres são moléculas muito instáveis ​​e reativas formadas naturalmente pelo corpo humano. Para ficarem estáveis os radicais livres vão interagir e "desconstruir" as moléculas vizinhas, que por sua vez se tornam radicais livres.

No corpo estas moléculas são naturalmente neutralizadas por mecanismos de defesa e desintoxicação celular. Contudo, às vezes as agressões externas aumentam significativamente e nesse caso as células deixam de conseguir neutralizar todos os radicais livres naturalmente.

A degradação das estruturas das células da pele devido aos radicais livres ocorre em cadeia e dá origem ao envelhecimento prematuro da pele com o aparecimento de linhas finas, rugas e outros sinais de envelhecimento.

Radicais Livres

FONTES DE RADICAIS LIVRES

A principal fonte de radicais livres é interna: proveniente do corpo e, mais especificamente, das próprias células.

É durante a respiração celular que são formados: o oxigénio necessário para o funcionamento das células leva à produção de radicais livres.

No entanto, embora o corpo esteja bem armado contra os radicais livres formados pelo próprio corpo, não tem tanta capacidade de combater os radicais livres formados em excesso pelo meio ambiente e pelo nosso estilo de vida. Outros fatores externos que também levam à formação de radicais livres:

  • Poluição
  • Exposição aos raios UV
  • Consumo de tabaco e álcool
  • Stress crónico
  • Certos tratamentos medicamentosos
  • Dietas (consumo excessivo de carne ou gordura saturada)
  • Aquecimento, ar condicionado.

IMPACTO DOS RADICAIS LIVRES NA PELE

O corpo possui mecanismos naturais de defesa para neutralizar e eliminar os radicais livres: antioxidantes naturais, como enzimas (superóxido dismutase, por exemplo), vitaminas E e C, etc.
Quando a quantidade de radicais livres é muito grande os mecanismos de defesa não têm capacidade suficiente para neutralizar todos os radicais livres. Portanto, em excesso vão degradar componentes essenciais para a manutenção da pele jovem e saudável (fibras de colagénio, elastina, ácido hialurónico, lipídios celulares, DNA, etc.).

As consequências para a pele são numerosas:

  • Aceleração do envelhecimento prematuro: perda de elasticidade, tonicidade ​​e firmeza e formação de rugas, linhas finas, manchas hiperpigmentadas
  • Fotossensibilização
  • Hipersensibilidade cutânea, dilatação dos vasos capilares sanguíneos, vermelhidão
  • Alteração da luminosidade: pele baça e irregular.

COMO COMBATER OS RADICAIS LIVRES DE MODO A PREVENIR O ENVELHECIMENTO PREMATURO?

Para compensar o excesso de radicais livres e neutralizá-los existem ingredientes anti-radicais livres como os antioxidantes.

Estudos recentes mostram que o uso de ingredientes antioxidantes pode ajudar a retardar o envelhecimento da pele, limitando a degradação celular e lipídica. Polifenóis (como o resveratrol), vitamina E ou extrato de farelo de arroz são excelentes anti radicais livres, que irão ajudar a pele a neutralizar os radicais livres, prevenir e reduzir o envelhecimento prematuro.

VITAMINA E: UM SUPER ANTIOXIDANTE!

A vitamina E é a vitamina mais estudada no mundo científico em relação ao envelhecimento! A aplicação tópica (na pele) é 50 vezes mais eficaz que a via oral.

Radicais Livres